Cartas personalizadas para o seu amor!
contato@shakespearemoderno.com.br

Corações gelados: dificuldades de expressar seu amor e sentimentos!

O afeto e as demonstrações cotidianas são o alicerce e motivação que sustenta cada relacionamento feliz e duradouro. Mas muitas pessoas não sabem, não conseguem ou até mesmo se recusam a dar vida e forma aos seus sentimentos para o outro. Sim, eles são os famosos “corações de gelo”, essas pessoas tem personalidades das mais diversas, podem ser apenas tímidos, ter traumas e vergonha em relação a se expressar, diversos medos e sofrimentos com seus cônjuges ou até mesmo são pessoas cheias de contradições com um EGO ENORME, tudo isso são fatores que causam dificuldades de expressar seu amor e sentimentos!

Infelizmente muitos casais precisam recorrer a alguma ajuda externa como terapias e psicólogos, o fato de uma das partes não se sentir reconhecido, apreciado ou até mesmo amado é algo que vai além dos sentimentos. Estamos falando de emoções, problemas de expressão de sentimentos, muitas vezes são coisas tratadas sem nenhuma atenção, ou até mesmo com hostilidade e frieza. Poucas situações podem ser tão destrutivas para uma pessoa quanto se ver em tal situação, e o que era amor torna-se um vazio emocional, falta de vontade de viver com a pessoa, duvida se o relacionamento ainda faz sentido e se ela é realmente amada (ou não).

Vamos tentar entender como agem os corações gelados!

– Não há uma causa única relacionada aos problemas de expressão de sentimentos. Não podemos agrupar esses comportamento sob um rótulo ou considerá-lo algo patológico ou um distúrbio.
– Na maioria dos casos é baixa autoestima.
– Falta de segurança sempre coloca pessoas na defensiva em seus relacionamentos afetivos. Elas querem minimizar o risco de se sentirem rejeitados e evitar mostrar sua “vulnerabilidade”, acham mais cauteloso manter distância, evitar as demonstrações de afetos e manter aquela “falsa” aparência de pessoa “forte” que não chora e nunca demonstra seus sentimentos.
– Sua educação e seus exemplos. Nascer e crescer em um ambiente de grande privação de afeto, no qual o apego e demonstração são praticamente inexistentes e frias, sem dúvida terá grande parte responsável de como essa pessoa será moldada, isso pode ser um grande motivo para desenvolver problemas de expressão de sentimentos.

A DICA DE OURO ÉNão podemos simplesmente “forçar” essas pessoas a expressar seu amor e carinho, já que essa estratégia não funciona e nunca temos o resultado que desejamos.
Chega de botar expectativas no outros, não vamos esquecer que essas pessoas têm dificuldade em expressar seus sentimentos, e o melhor que podemos fazer é aceitar essa fato.

MAS…podemos aceitar, trabalhar e nos adaptar nas necessidades de cada um, conversando, demonstrando e mantendo nossa mente pacífica em relação a esse fato, construindo um relacionamento mais positivo e seguro, sempre entendendo das dificuldades do outro.

Sempre me lembro de um ditado budista que diz mais ou menos assim: “NUNCA PODEREMOS MUDAR A MENTE DO OUTRO, A MELHOR FORMA DE MUDAR O OUTRO É MUDAR A NÓS MESMOS”